lisboa

Soão Taberna Asiática. O sabor de Ásia segundo João Duarte

Soão Taberna Asiática. O sabor de Ásia segundo João Duarte

João Duarte © ffmag

Nas vibrantes ruas de Alvalade, a palpitante vida urbana tem o seu próprio santuário gastronómico: o Soão Taberna Asiática. Este restaurante é um autêntico mosaico de culturas, um crisol onde há uma convergência entre as tradições culinárias de países como o Japão, a Índia, a China, o Vietname, a Tailândia, a Coreia do Sul, a Indonésia e o Laos. Mas o Soão é mais do que um encontro de sabores asiáticos, é a visão e o sonho do Seame Group, que juntamente com o Sea Me - Peixaria Moderna e o Next Door, eleva o panorama gastronómico lisboeta com uma proposta inovadora, audaz e requintada.

 

Inovação, tradição e sabor pela mão de João Duarte

O chef João Duarte, artífice desta travessia culinária, está há dois anos ao leme do Soão, manobrando entre o grande desafio de representar a grandiosidade da cozinha asiática com os seus pratos. Com uma trajetória que passa pelos fogões do Midori ― onde ganhou a sua paixão pela gastronomia oriental ― e se foi desenvolvendo em lume brando entre cozinhas de prestígio, Duarte traz ao Soão uma ementa que é toda uma tela de inovação e tradição.

No Soão, o produto é o grande protagonista. Para isso, João Duarte explica que mantêm «uma relação diária com os produtores» para assegurar a frescura e a máxima qualidade das matérias-primas, como reflexo do legado do trabalho da terra que Duarte herdou da sua família, que se dedicava à agricultura.

Bao de cogumelos. Soão Taberna Asiática, Lisboa

Bao de cogumelos © Soão Taberna Asiática

O balcão do restaurante, que tem espaço para 14 comensais, é uma irresistível montra do mar, com peixe da Nazaré, Açores e Peniche. Os pratos estrela, como o dim sum de champanhe e o Gua Bao de caranguejo, são um exemplo da procura constante por parte do chef da inovação e da excelência. E essa inovação aprecia-se em criações como o tataki de carne com puré de batata japonesa e os oniguiris, que partilham mesa com clássicos como a sopa Tom Yum. Cada prato do Soão é uma narrativa de sabor, um poema comestível que entrelaça ingredientes, técnicas e paixão, muita paixão.

A decoração do restaurante convida o comensal a empreender uma viagem a Oriente em si próprio. Com peças únicas criadas pela mestria de artesãos portugueses, cada recanto é uma homenagem à estética e à cultura asiáticas. O primeiro piso, térreo, palpita com o ritmo de uma autêntica taberna asiática enquanto o piso inferior, o Bafon Oriental, nos convida a mergulharmos no luxo decadente que captura na perfeição a essência do continente asiático.

 

União à base de chás

O sommelier Sebastian Filgueiras complementa a sinfonia de sabores do Soão com uma seleção de chás da Companhia Portugueza do Chá. Desde o Japan Sencha até ao Kukicha de arroz tostado, cada chá é escolhido meticulosamente por ele para realçar os sabores dos pratos com os quais se juntam, de forma a criar uma experiência que, na boca, possa ser um autêntico ballet de aromas e gostos.

Sala de jantar, restaurante Soão Taberna Asiática. Lisboa

Sala de jantar © Soão Taberna Asiática

 

Os desafios do Soão: consolidação e expansão

João Duarte garante que não pensa no futuro. Para ele, o presente é a escola de formação da sua arte. Não há tempo para sonhar com o futuro quando o agora está tão cheio de possibilidades. Tendo como objetivos ampliar a marca e abraçar uma clientela ainda mais diversa, tanto local como internacional, Duarte e o Seame Group encontram-se num momento muito doce: cheio de expectativas de expansão e de consolidação da marca.

O Soão é muito mais do que um restaurante; é uma viagem sensorial, uma expedição que atravessa diferentes paisagens gustativas onde cada prato é uma paragem num itinerário epicúrio. O chef João Duarte e a sua equipa criaram um espaço onde os ritmos frenéticos e o luxo decadente coexistem, onde cada visita é uma experiência única, imersiva e memorável.

Reservado Soão Taberna Asiática

Reservados © Soão Taberna Asiática

No Soão, a tradição e a modernidade unem-se, convidando os comensais a fazerem parte de uma história para lá da cozinha, uma experiência que celebra a cultura, a herança culinária e o artesanato do continente asiático. E, desta forma, o Soão Taberna Asiática consolida-se como um autêntico ícone de diversidade e qualidade, um destino culinário imprescindível no coração de Lisboa.

You May Also Like

Post

Rei da China e Casa dos Prazeres: 2 novos restaurantes do José Avillez e Estanis Carenzo

Post

Cabazes de Natal para todos os gostos

Post

Celebra o Dia de São Valentim no Restaurante Pesca

Post

Paulo Amado, o Pai dos chefs portugueses