lisboa

Café de São Bento, e que seja por mais de quarenta anos

Café de São Bento, e que seja por mais de quarenta anos

Miguel García © ffmag

O Café de São Bento é um local emblemático da restauração lisboeta. Um clássico, por cujas mesas passou grande parte de uma geração portuguesa desde que abriu, há mais de quarenta anos. Este lugar antigo, e com esse toque de tradição que só com o tempo se consegue, foi recentemente adquirido por Miguel García, um gerente de hotelaria que geria equipas de 800 trabalhadores e que, um dia, decidiu mudar de vida e apostar numa marca, a do Café de São Bento, com a qual se sente completamente identificado.

 

Como surge esta mudança de vida, de um alto e qualificado diretor de uma das mais prestigiadas cadeias hoteleiras a um empresário de restaurantes?
Comecei em hotelaria há 22 anos, por via da restauração, em cozinha, onde estagiei em alguns hotéis, antes de tomar a decisão do que fazer profissionalmente. Depois de estar decidido, formei-me em Hotelaria na Escola do Estoril e depois na Suiça em Les Roches. Tive o privilégio de trabalhar em Portugal, Suiça e Brasil em grandes hotéis, como o Four Seasons, Belmond Copacabana Palace, Tivoli Mofarrej, Tivoli Avenida...

Comecei nesta profissão da forma certa – como muitas vezes se diz – “por baixo”. Depois de trabalhar como cozinheiro e empregado de mesa, fui subindo até Diretor de F&B, e depois com muita dedicação e entrega, chego a Diretor Geral no Brasil e depois Diretor de Geral de 10 Hotéis em Portugal.  Em todos os hotéis, a minha paixão sempre foi na restauração. Para mim, o que mais se diferencia num hotel são os bares e restaurantes, é o que traz vida para um hotel que se queira afirmar numa cidade.

Miguel García. Café de São Bento, Lisboa

Miguel García © Café de São Bento

Desde há vários anos vinha a planear o que faria num futuro, se era continuar a carreira, agora mais corporate, ou ter o meu próprio negócio. Depois de ponderar bem os riscos, decidi investir capital e conhecimento naquilo que sei fazer e que mais me traz energia – restauração. Os próximos 10 anos vão ser desafiadores e tenho planos de ter um portfolio de restaurantes em Portugal e até, quem sabe, lá fora…

Como você se sente nesta nova aventura?
Sinto-me muito bem. Muitas pessoas têm-me perguntado como tem sido a mudança e, sem qualquer dúvida, tem sido muito bom. Claro que não tenho a estrutura de trabalho quando dirigia 10 hotéis com 800 colaboradores… mas isso não me aflige em nada. Estou a fazer o que gosto e o que decidi fazer – isso é o mais importante.

Porquê o Café São Bento, um clássico da vida lisboeta?
Desde que decidi começar a procurar um negócio, comecei a pesquisar restaurantes em Lisboa que tivessem história, credibilidade e qualidade consistentes. O Café de São Bento é um exemplo perfeito disso. A equipa que trabalha nesta grande instituição são a alma do restaurante e tem sido uma honra trabalhar com todos.

Sala de jantar. Café de São Bento, Lisboa

Sala de jantar © Café de São Bento

Que novas particularidades podemos encontrar no novo projeto? Você pode nos contar sobre o futuro e a expansão do Café São Bento?
O Café de São Bento existe há 40 anos na Rua de São Bento, houve em tempos um CSB no Casino do Estoril e, desde há 8 anos, no Timeout Market Lisboa. A marca e a qualidade já deram provas que são capazes de crescer. O meu plano é consolidar os dois existentes e, de uma forma sustentada e bem planeada, crescer para alguns pontos em Portugal e, quem sabe um dia, fora do nosso país…

Você tem uma equipe vitalícia, atenciosa, muito profissional e envolvida no novo projeto, o que você destacaria sobre os profissionais que compõem o Café de São Bento?
As pessoas, seja em que negócio/serviço for, são a chave para o sucesso. Isto parece um cliché, mas quem não acredita nisto dificilmente tem sucesso na gestão. 
Conhecia a equipa do Café de São Bento e isso foi um dos pilares para eu falar com os antigos sócios. Aqui trabalham pessoas há 35 anos, 25 anos, 20 anos… Estas pessoas são a alma do restaurante e dedico-me para que permaneçam satisfeitas e sempre envolvidas em tudo o que fizermos neste e em futuros restaurantes…

Especialidades gastronómicas de Café de São Bento, Lisboa

Especialidades © Café de São Bento

You May Also Like

Post

Rei da China e Casa dos Prazeres: 2 novos restaurantes do José Avillez e Estanis Carenzo

Post

Cabazes de Natal para todos os gostos

Post

Celebra o Dia de São Valentim no Restaurante Pesca

Post

Paulo Amado, o Pai dos chefs portugueses