Carlos Afonso, a estrela gastronómica de Damm em Lisboa

Carlos Afonso, a estrela gastronómica de Damm em Lisboa

Carlos Afonso © ffmag

Jovem, simpático, com a sua tez bronzeada e o seu cabelo negro azeviche, Carlos Afonso encarna o ideal de homem português. Sorriso aberto e branco, voz melosa, e uma imensa segurança em si próprio; é fácil imaginá-lo como um daqueles aguerridos marinheiros que, a bordo de pequenas embarcações de madeira, contribuíram durante os séculos XV e XVI para alargar o nosso conhecimento do mundo e dos oceanos. Assim é o cozinheiro da moda em Lisboa, que ao comando do restaurante Oitto, transporta orgulhoso a bandeira de Portugal. 

Nascido no Alentejo no verão de 1986 e criado numa família de amantes da gastronomia, o cozinheiro passou por todos os postos da cozinha, tendo-se até dedicado a lavar pratos, e depois de estudar de Gestão e Produção de Cozinha na Escola de Turismo de Portugal, iniciou um périplo que o levou por grande parte das cozinhas dos melhores restaurantes do país e da Europa. 

O jovem chef mostra-se orgulhoso por defender a gastronomia portuguesa num momento em que parece que a globalização está a esbater as culinárias de grande parte dos restaurantes do mundo. Carlos Afonso pretende dar a conhecer a cultura e as raízes portuguesas através dos seus pratos e sobretudo do produto exclusivamente português. 

Carlos Afonso chef Oitto. Lisboa

Carlos Afonso © Oitto

E, porém, a cerveja que o acompanha em cada um dos seus projetos não é lusitana, mas sim espanhola. É que Carlos tem uma relação de amor à primeira vista com a Estrella Damm, quando a cervejeira de Tarragona o apoiou incondicionalmente no seu primeiro negócio enquanto todos os outros lhe fechavam as portas. Tanto é assim que se converteu num dos embaixadores da Damm em Portugal, onde a marca mediterrânea se centrou devido à revolução que se está a verificar no sector da restauração há uns anos.

Isso não acontece por acaso, já que a Estrella Damm é uma marca que está há anos de olhos postos na gastronomia, como refere o chef, que destaca que enquanto outras cervejas centram as suas ações nos bares, a Damm tem-se direcionado para os restaurantes. Prova disso é a grande variedade de cervejas que têm em catálogo e que servem para acompanhar quase qualquer prato, embora de entre toda a gama, o cozinheiro não hesite em mostrar a sua preferência pela Inedit, a cerveja desenvolvida por Ferran Adrià, que conquistou o seu coração bem como o de grande parte da sua clientela. «Nunca tinha tomado uma cerveja que precisasse de um copo para podermos desfrutar dela», comenta o chef. «Do ponto de vista gastronómico é impressionante. Serve para acompanhar quase qualquer prato! É provavelmente a cerveja preferida dos meus clientes que nos pedem sempre para lhes servirmos “a opaca” (referindo-se ao aspeto turvo e torrado da Inedit)», acrescenta.

 

Oitto, muito mais do que um restaurante

Referir-se ao Oitto como um restaurante é ficar aquém. No coração do Chiado, o bairro mais boémio de Lisboa, o Oitto está situado num impressionante estabelecimento de dois andares que ocupa a parte de baixo de um bonito edifício modernista. Inundado pela luz devido ao grande número de vitrinas de que dispõe, o espaço, que tendo em conta o seu tamanho está divido em zonas bem diferenciadas, tem um ambiente fantástico com uma decoração eclética que funde os elementos antigos do próprio edifício com motivos industriais, ferro e vidro.

Restaurante Oitto, Lisboa

Restaurante Oitto © Oitto

Assim, a sala de baixo, com o seu estilo de cozinha bistrô e sabores portugueses na qual se promove o conceito de partilha de pratos e sandes é a que apresenta mais atividade.

No Gastro bar no andar de cima é possível desfrutar de uma experiência gastronómica ao balcão, sem esquecer as bebidas… Aqui o sommelier ou o bartender podem orientar a escolha dos pedidos em perfeita harmonia com a carta de bebidas!

A Sala do Chef está disponível para grupos de entre 8 e 12 pessoas e está pensada para uma ocasião única, como jantares de empresa, celebrações… Com uma carta baseada num formato «à medida» para cada ocasião. Este é realmente um recanto especial, concebido para momentos exclusivos.

Por último, temos a Esplanada, no famoso Largo do Picadeiro ladeada pelos históricos teatros São Carlos e São Luís, onde se oferece uma seleção petiscos frios, carnes curadas, tártaros, ceviches, saladas ou sandes. Este é o espaço ideal para desfrutar de uma refeição informal ou fora de horas sem esquecer os cocktails e a grande variedade de bebidas refrescantes para usufruir em pleno da experiência num espaço tão icónico de Lisboa.

Bife tártaro. Restaurante Oitto, Lisboa

Bife tártaro © Oitto

You May Also Like

Post

Rei da China e Casa dos Prazeres: 2 novos restaurantes do José Avillez e Estanis Carenzo

Post

Cabazes de Natal para todos os gostos

Post

Celebra o Dia de São Valentim no Restaurante Pesca

Post

Paulo Amado, o Pai dos chefs portugueses

Post

Chef Agnaldo Ferreira, Gaveta de sabores japoneses